Seja bem vindo...

"...agradeço a você, caro leitor, que de tantos jardins que podias visitar, escolheu este. Fico honrada.Espero que sua estada seja agradável. Que as coisas familiares lhe pareçam novas, e as coisas novas, familiares. Fique o tempo que desejar. Se encontrar uma rosa que valha a pena, sinta-se á vontade para colhê-la. Se encontrar algo que mereça ser compartilhado, por favor, compartilhe. E, quem sabe? Adão ouviu Deus falar num jardim; talvez o mesmo lhe aconteça..." (palavras retiradas do livro:ouvindo Deus na tormenta-max lucado)

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Você pode fazer pequenas coisas...

Gostei desta historia...
Todos nós podemos plantar pequenas sementes...
Fazer pequenas coisas com grandeza!
Porque como dizem:
"podemos contar as sementes de uma fruta... 
mas jamais poderemos contar as frutas de uma semente!"

"Esta FEZ O QUE PODIA 
antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura.
Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também 
o que ela fez será contado para sua memória." 
(marcos 14.8,9)

Um homem foi chamado à praia para pintar um barco.
Trouxe com ele tinta e pincéis, e começou a pintar o barco de um vermelho brilhante, como fora contratado para fazer.
Enquanto pintava, viu que a tinta estava passando pelo fundo do barco.
Percebeu que havia um vazamento e decidiu consertá-lo.
Quando terminou a pintura, recebeu seu dinheiro e se foi.
No dia seguinte, o proprietário do barco procurou o pintor e presenteou-o com um belo cheque.
O pintor ficou surpreso:
"O senhor já me pagou pela pintura do barco!"
Mas isto não é pelo trabalho de pintura. 
É por ter consertado o vazamento do barco.
Ah!, mas foi um serviço tão pequeno... Certamente, não está me pagando uma quantia tão alta por algo tão insignificante!
Meu caro amigo, você não compreende. 
Deixe-me contar-lhe o que aconteceu.
Quando pedi a você que pintasse o barco, esqueci de mencionar o vazamento.
Quando o barco secou, meus filhos o pegaram e saíram para uma pescaria. Eu não estava em casa naquele momento. Quando voltei e notei que haviam saído com o barco, fiquei desesperado, pois lembrei-me que o barco tinha um furo.
Imagine meu alívio e alegria quando os vi retornando sãos e salvos.
Então, examinei o barco e constatei que você o havia consertado!
Percebe, agora, o que fez? Salvou a vida de meus filhos! 
Não tenho dinheiro suficiente para pagar a sua "pequena" boa ação.

Não importa para quem, quando ou de que maneira, mas, ajude, ampare, enxugue as lágrimas, escute com atenção e carinho, e conserte todos os "vazamentos" que perceber, pois nunca sabemos quando estão precisando de nós ou quando Deus nos reserva a agradável surpresa de ser útil e importante para alguém.

(Autor desconhecido)

4 comentários:

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

OI amiga que linda historia!!Que possamos ter os olhos, o coração abertos e sensíveis para ajudar mesmo sem saber a dimensão dessa ajuda.Um belo dia amiga!!

Lucas Alves disse...

oi fe ainda estou fora, so to mexendo nos blogs mesmo


to me preparando para ministrar essa semana por isso estou fora da net ,,, mas blogs como o seu ira somar mais na minha vida

por isso to aqui

obrigado pela palavra

abraços lucas http://tribodenaftali.blogspot.com/

Maurinei Tumenas disse...

Oi Nandinha!
Linda história.
Fazer o bem a quem quer que seja, não deveria ser uma opção, mas uma preocupação!
"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado. Tiago 4:17"
Fique com Deus!
Maurinei...
http://fiqueligadobloggospel.blogspot.com/

Daiane disse...

Nossa que lindo texto...
Na nossa vida também deve ser assim,fazer de com coração sem esperar recompensas pois a nossa maior recompensa ja foi nos dada que é a salvação,agora só devemos lutar por ela!Boa tarde.

Related Posts with Thumbnails